Rua Satélite, 55 — Caiçara Belo Horizonte/MG — CEP: 30770-380
31 3464-5828
31 3413-6407

Notícias

Gestão pública do Brasil precisa da inteligência artificial

O Brasil é um país continental, dividido por 5 regiões, com 26 estados e 1 Distrito Federal e 5.570 municípios

“A melhor alternativa para o próximo Presidente do Brasil é a aplicação robusta da Inteligência Artificial na Gestão Pública, em todos os níveis.” (Elenito Elias da Costa).

Introdução

O Brasil é um país continental, dividido por 5 regiões, com 26 estados e 1 Distrito Federal e 5.570 municípios e aproximadamente 212 milhões de habitantes, gerido por uma República Federativa, com princípios Democráticos, e um Sistema de Capitalismo de Mercado.

É realmente um país rico em riquezas minerais e naturais, terras férteis, representa o celeiro do mundo em oferta de grãos, e proteínas vegetais e animais, mas sua maior riqueza acredito ser sua população.

O Brasil é realmente o maior país da América do Sul, mas passam por momentos delicados e especiais que abala seus índices econômicos, políticos, sociais, educacionais, sanitários, empregabilidade, e demais.

Acredito que a GESTÃO PÚBLICA geraria maior ganho e eficiência se adotasse a INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL em todas suas atividades públicas, pois haveria uma drástica redução de CUSTOS no orçamento, e em consequência sobrariam recursos para a EDUCAÇÃO e SAÚDE dos seres humanos.

GESTORES PÚBLICOS

Se observarmos o grande contingente de servidores públicos existente nos três poderes constituídos, entendido como federais, estaduais e municipais, inclusive as câmaras de vereadores, prefeitura, assembleia legislativa, executivo estadual, deputados federais, senadores, e todo pessoal existente no Executivo, Legislativo e Judiciário, e isso representa um CUSTO muito elevado e se agregarmos os servidores militares, elevam ainda mais esse CUSTO.

Podemos entender que todo esse CUSTO pode ser robotizado, ou mesmo se adequar a outros procedimentos em que a INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL deve agir para a CONTENÇÃO desses CUSTOS.

Vejamos esses servidores seguem uma rotina e legislação especifica, exceto alguma análise diferenciada, que também pode ser resolvida pela automação.

A elaboração do orçamento, os procedimentos de obtenção da Receita Pública, o desembolso da Despesa Pública, aferição e conciliação legal e auditoria, plano de contas unificado, procedimento mecânico dos processos que obedecem a uma rotina e logística própria, dentre outros procedimentos.

A harmonia entre os poderes, as verbas orçamentárias de conformidade com suas limitações, os demonstrativos contábeis e financeiros, a aferição dos procedimentos e processos inclusive com a excelência de uma auditoria.

Em qualquer situação a obediência aos preceitos legais, conforme a Constituição Federal e demais princípios legais, evitam quaisquer anomalias, inclusive procedimentos que fogem aos princípios legais.

A ideia de representação popular acontece com maior interação e respeito ao voto do eleitor.

Evitam todas as evasões e transgressões legais, inclusive inibe verbas que não estejam devidamente orçadas.

Tende a eliminar determinados departamentos que trabalham com eleições, já que o processo é virtual e pode ser aferido a qualquer momento.

As forças de segurança social devem ser totalmente automatizadas, evitando e reduzindo erros e podem ser altamente eficientes, na segurança nacional, e social, podendo através de imagem da identificação facial das câmeras, encontrar aqueles que devem a justiça.

Redução drástica de CRIMES e identificação das organizações criminosas, ficando os bens dos responsáveis revestidos para conter o orçamento da segurança, e penalização dos transgressores.

REDUZIR o CUSTEIO da máquina administrativa dando maior eficiência ao sistema, e contribuindo para um orçamento mais racional.

Outro fator importante é a probabilidade de escolher um representante desprovido de qualquer inteligência e cumpridor de seus programas que o elegeu, é uma verdade incontestável.

A lei universal de servir ao ser humano representa um soft incontestável.

A seletividade na contratação de servidores deveria ter como base o conhecimento de idiomas e principalmente sua sapiência diante da inteligência artificial, que atualmente são muito seletos.

Temo que os excluídos representarão um grande contingente de munícipes, e acredito que os Gestores Públicos devem rever seu planejamento estratégico para atender a esse grande número, eis a necessidade de repensar a aplicação da inteligência artificial para minorar CUSTOS e DESPESAS.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Entendo que Inteligência Artificial é um recurso computacional que utiliza o hardware e software, para realização de atividades laborais, com a mesma equivalência profissional do ser humano.

Utilizando o idioma inglês, com o conhecimento da OPEN AI, com o CODE SYSTEM, com a ajuda do GPT – 3, trabalhando com a linguagem PYTHON, ORA NGE ou JAVA SCRIPT, com o algoritmo (0 e1) e a Lógica FUZZY, com a velocidade 5G/6G, insere a MACHINE LEARNING, DEEP LEARNING, DATA MINING, REDE NEURAL, IN THE CLOUD, COMPUTAÇÃO QUÂNTICA, aplicado na robotização, nanotecnologia, automação ou equivalente, visa à eficiência, eficácia, e se compara a inteligência humana.

Se, por motivos alhures não conseguiu entender o para grafo anterior, é óbvio que você precisa se capacitar e se qualificar, pois a simples ocupação do espaço pela sua massa, ou mesmo o fato de respirar, não lhe garante um futuro promissor.

É plenamente sensato que o nosso próximo Presidente, deve obrigatoriamente inserir essa inteligência artificial na gestão pública, assim como o empresário e investidor deve obrigatoriamente entender que essa inteligência artificial lhe dará maior lucro, maior ágio, e mais resultados positivos.

O profissional deve entender que conhecer a falar outro idioma, e se envolver junto à inteligência artificial, representam a sua sobrevivência e continuidade de sua existência.

Os Tribunais, federal, estadual e municipal, as auditorias desses tribunais, devem utilizar a inteligência artificial, mesmo porque o Plano de Contas é unificado, o sistema de controle e os demonstrativos também, associados ao Portal da Transparência, com os recursos dessa I A, devem reduzir CUSTOS e DESPESAS obterem maior transparência e celeridade dos recursos e concede maior Controle Interno.

Se a Gestão Pública utilizar a Inteligência Artificial para aferir e auditar a gestão federal, estadual e municipal, haverá maior condições de identificar as evasões e transgressões aos ditames legais, inclusive personalizar os delitos.

E depois de identificado o fato delituoso e os responsáveis seus bens, sigilos e demais fatos podem ser eletronicamente afetado para que em seguida sejam acatados os recursos de que trata os princípios legais e democráticos.

Outro fato inovador é que os representantes eleitos tenham maior otimização dos recursos sob sua responsabilidade, assim como poderá inovar a sua gestão, trazendo consigo a eficácia e eficiência do sistema com maior satisfação eleitor.

CONCLUSÃO

Acredito não devemos temer a evolução da inteligência artificial no mercado laboral, e o ser humano deve temer é seu pífio conhecimento derivados de uma frágil educação e cultura sem o mínimo de qualidade.

O mundo globalizado e a inteligência artificial devem mudar consideravelmente todos os processos laborais e os antigos costumes sociais, e sabemos que isso deve causar um impacto muito grande junto aos profissionais e educandos que ainda estão se aperfeiçoando.

Essas inovações devem afetar todo o sistema em que hoje convivemos, mas ressalto que haverá um grande número de excluídos, por razões óbvias, mas o sistema avançará ainda mais.

A Gestão Pública deve adotar a inteligência artificial para melhorar consideravelmente suas atividades, principalmente a redução de recursos aplicados para a manutenção e conservação da máquina administrativa.

Acredito que essa mesma ideia deverá ser também adotada pela Gestão Privada, já que inexiste alternativa para manter a sua sustentabilidade e continuidade de sua atividade.

Peço desculpas ao leitor, quer seja pessoa física ou mesmo pessoa jurídica, ou entidade equivalente, mas essa verdade é incontestável, e quão mais rápido for adotada melhor para todos.

AUTOR: ELENITO ELIAS DA COSTA, só um annunaky.

Todos os direitos reservados | © 2021 | SIM ASSESSORIA E CONSULTORIA CONTáBIL
desenvolvido por