Rua Satélite, 55 — Caiçara Belo Horizonte/MG — CEP: 30770-380
31 3464-5828
31 3413-6407

Notícias

A era do marketing de influência: entenda os segredos por trás da estratégia

Especialista em marketing digital destaca dicas para ter influenciadores eficientes na divulgação de produtos no e-commerce

Com o avanço da pandemia e a necessidade de isolamento social, as pessoas tornaram seus hábitos muito mais digitais. Da mesma forma, empresas precisaram se digitalizar para continuar funcionando. Todo esse crescimento expressivo trouxe também uma necessidade de repensar e refazer as estratégias de marketing, a fim de sobreviver à concorrência presente na internet e conquistar a tão disputada atenção do consumidor.

Um dos maiores contatos é normalmente feito pelas mídias sociais. Assim, as redes sociais estabeleceram boa parte da “primeira conversa”, o que aponta uma maior necessidade para o marketing nessas plataformas. E com todo esse movimento de digitalização, uma das estratégias que ganhou destaque na pandemia foi o marketing de influência.

‘‘As pessoas buscam conexão real com quem indica algum produto ou serviço. Sendo assim, buscar influenciadores tem se tornado cada vez mais comum para as empresas que querem alcançar o público que está nas redes sociais’’, destaca o especialista Fernando Soni, sócio fundador da startup paranaense Stardust Digital.

O que é o marketing de influência?

Uma das perspectivas mais perceptíveis para os últimos anos no e-commerce foi incentivar a busca para capturar a confiança dos consumidores. Dentro das estratégias para conquistá-la, inúmeras inovações têm chegado ao mercado, como ocorre com o live commerce e até mesmo o social commerce.

Estratégias que se aprofundem em criar uma conexão com o consumidor e passem segurança sobre os produtos vendidos costumam apresentar melhores resultados. O marketing de influência segue nessa linha: traz a divulgação dos produtos por meio de influenciadores. Com essa técnica, há uma primeira aproximação por parte dos consumidores a partir da familiaridade com o influenciador. A segurança do produto também parte dele — especialmente se as publicações em redes sociais forem formuladas a partir da testagem dos itens divulgados.

“Quanto mais próximo o público estiver do influenciador, maior será a confiança na hora de consumir um produto ou serviço indicado por ele. É esse poder de engajamento que tem chamado a atenção das marcas, que têm investido cada vez mais em marketing de influência”, comenta Soni.

O marketing de influência é, na prática, um alinhamento de divulgação que usa a interação e o engajamento de figuras públicas inspiradoras pela internet — especialmente por meio das redes sociais. Por meio dele, existem inúmeras estratégias de venda, que vão desde apenas a divulgação do produto à promoção e descontos por meio de cupons com o nome do influenciador, por exemplo.

Os resultados dependem de uma boa execução

Ainda que o marketing de influência pareça simples na teoria, na prática é necessário tomar alguns cuidados para que sua execução gere bons resultados. Fernando Soni destaca a importância de alinhar os produtos com influenciadores que de fato engajem a divulgação e tenham uma interação profunda com o público-alvo do produto a ser vendido. ‘‘O que sempre falamos para os nossos clientes que querem fazer parceria ou vender por meio de influenciadores, é que o foco é encontrar um influenciador que seja do nicho do produto ou serviço que o cliente oferece’’, afirma.

A escolha, ele destaca, precisa ser feita a partir de uma pesquisa profunda de mercado. ‘‘Tem gente que foca muito no número de seguidores, mas, às vezes, aquele influenciador de nicho que tem cinco ou 12 mil seguidores, mas que tem um engajamento altíssimo deles, consegue atingir um público maior do que o influenciador que tem 300 mil seguidores, por exemplo, e, consequentemente, fazer com que esse produto ou serviço seja mais consumido’’, complementa.

Encontrar o influenciador certo pode ser um desafio. Por isso a necessidade de ter uma equipe de marketing ajustada para realizar uma pesquisa de mercado efetiva, que reconheça quem é o público-alvo que consome o produto a ser divulgado. É importante destacar que essa pesquisa precisa ser feita a partir dos dados das redes sociais, com análise de interação e engajamento.

Soni aponta que uma das estratégias é uma análise que vá além dos números, com foco no conteúdo das interações entre o influenciador e o usuário. ‘‘Analisar os comentários para vermos se esse influenciador tem uma taxa de rejeição alta ou não também faz parte desse processo, para podermos examinar a qualidade dele, em vez de só a quantidade de seguidores’’, explica.

Campanhas focadas na personalização

Hoje, o consumidor tem cada vez mais a vontade e a necessidade de ter uma experiência personalizada, diferente do normal e que salte aos olhos. Parte disso também é uma exigência por causa das próprias plataformas digitais: há um excesso de informações nas redes e muitas das divulgações são similares umas às outras.

As empresas que destacam um marketing diferente e que esteja personalizado para um público-alvo específico, neste caso, acabam na frente. “É uma conta que só quem souber construir uma estratégia assertiva vai conseguir fechar, pois o mercado está cada vez mais competitivo, com campanhas cada vez mais direcionadas e personalizadas”, comenta Soni.

Mas o destaque vai, sobretudo, para a forma como a divulgação do produto é feita a partir da plataforma dos influenciadores. Mais do que apresentar uma foto com alta resolução — o que é também de suma importância —, é necessário conhecer e acordar estratégias com o influenciador para que haja uma relação de intimidade com os usuários. “O ideal é ter um profissional ou uma empresa especializada na área para fazer toda essa análise e mostrar o melhor caminho. Começar qualquer trabalho sem conhecer seu público-alvo e a forma que sua marca vai se comunicar com ele é um grande erro, repetido incansavelmente no mercado”, conclui Soni.

Todos os direitos reservados | © 2021 | SIM ASSESSORIA E CONSULTORIA CONTáBIL
desenvolvido por