Rua Satélite, 55 — Caiçara Belo Horizonte/MG — CEP: 30770-380
31 3464-5828
31 3413-6407

Notícias

Governo deve renovar programa de redução de salários e carga horária

Guedes quer retomar a iniciativa instituída para combater a crise da Covid-19 em 2020

Em entrevista à rádio Jovem Pan nesta terça-feira (2), o ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou que o governo federal irá retomar o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEM), que permite a empresários reduzir salários e carga horária de seus funcionários, além de suspender contratos de trabalho. As informações são do portal G1.

A iniciativa, instituída no ano passado, foi considerada pelo ministro uma das mais bem-sucedidas no enfrentamento da crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, evitando a demissão de milhões de brasileiros. "Conseguimos não só não perder nenhum emprego, como gerar 140 mil novos empregos. Vamos renovar esse programa", afirmou Guedes, referindo-se ao registro de 142.690 postos de trabalho com carteira assinada em 2020.

Durante os oito meses em que o BEM vigorou, 9.849.115 empregados formais tiveram redução de jornada e salário ou suspensão de contrato de trabalho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

Guedes não informou, porém, os custos ou a data prevista para a retomada do programa, atendendo a uma reivindicação de representantes de segmentos empresariais. Até seu encerramento em dezembro, o BEM teve adesão de 1.464.517 empregadores.

Todos os direitos reservados | © 2021 | SIM ASSESSORIA E CONSULTORIA CONTáBIL
desenvolvido por